Roswitha Scholz

Reedição 

O SEXO DO CAPITALISMO

Teorias feministas e a metamorfose pós-moderna do capital

DAS GESCHLECHT DES KAPITALISMUS

Feministische Theorien und die postmoderne Metamorphose des Kapitals

 

Segunda edição ampliada, Junho 2011

245 páginas, € 14,90

Excertos do livro Deutsch

 

As teses fundamentais deste livro, cuja primeira edição saiu na Primavera de 2000, relacionaram directamente pela primeira vez a crítica do patriarcado moderno com as formas capitalistas basilares de "trabalho abstracto" e valor, em vez de se ficarem no plano sociológico. Ultrapassando o feminismo anterior desenvolve-se a abordagem de uma teorização que apresenta a relação de género burguesa no mesmo nível de abstracção que a crítica da economia política de Marx. Indo para lá quer da antiga noção marxista de "contradição secundária" quer da dissolução pós-moderna do princípio fundamental capitalista em diferenças e situações particulares, a teoria da dissociação sexual ousa afirmar uma nova compreensão da totalidade social que rompe com o universalismo androcêntrico do aparelho conceptual dominante.

A argumentação de Roswitha Scholz tem provocado desde então muitas discussões e reacções. Algumas das suas elaborações conceptuais e ideias penetraram de facto no discurso teórico. Mas o debate muitas vezes sofre com o facto de o livro entretanto estar esgotado há anos e só ser conhecido de nome. Após múltiplos pedidos surge agora finalmente a nova edição. Além de um prefácio, a segunda edição é ampliada com um extenso posfácio que reflecte criticamente sobre as tendências feministas na década após a primeira edição do livro.

Encomendas nas livrarias ou directamente na editora Horlemann: info@horlemann-verlag.de

 

ÍNDICE

 

Prefácio à segunda edição

Introdução: Sobre o problema da culturalização do social desde os anos oitenta Deutsch

 

Primeira Parte: Sobre o conceito de valor e de dissociação-valor Deutsch

 

 

Segunda Parte: Abordagens teóricas feministas

 

“Mulheres e desclassificação” à escala universal (R. Becker-Schmidt)

Forma da mercadoria e forma do pensamento / Troca de mulheres e lógica da identidade / O androcentrismo como fenómeno infra-estrutural psicogenético

 

O sexo no patriarcado produtor de mercadorias

 

“Profissão e trabalho doméstico” em E. Beck-Gernsheim/I. Ostner

A construção da (dupla) sexualidade, o inconsciente social androcêntrico e a razão relativa da abordagem de Beck-Gernsheim/Ostner / Valor de uso - Valor de troca, masculinidade e feminilidade.

 

A relação entre os sexos como conexão social estrutural em R. Becker-Schmidt/G.-A. Knapp e U. Beer

 

O sexo como categoria social estrutural em R. Becker-Schmidt/G.-A. Knapp e U. Beer

 

O sexo em Becker-Schmidt/Knapp: Dupla socialização e sexo como categoria social estrutural / Dupla socialização como resistência / A crítica da lógica da identidade como "método" e a essência do patriarcado produtor de mercadorias / O todo social e a relação entre os sexos / Troca, trabalho, dinheiro e sexo.

 

A relação entre os sexos em U. Beer

 

As relações entre os sexos como relações de produção (Frigga Haug): O patriarcado capitalista como modelo de civilização / Trabalho remunerado - trabalho doméstico e a metafísica do trabalho em F. Haug / A lógica de poupar tempo e a lógica de gastar tempo / A ordem simbólica do patriarcado capitalista

 

Notas a concluir sobre as diversas concepções teóricas

 

Terceira Parte: A teoria da dissociação-valor modificada Deutsch

 

 

Quarta Parte: Relações entre os sexos e pós-modernidade à escala universal – O asselvajamento do patriarcado produtor de mercadorias

 

A "pequena trabalhadora autónoma" (Irmgard Schultz)

 

"Juchitan" – um caso especial do patriarcado produtor de mercadorias? Uma alternativa ao patriarcado produtor de mercadorias? (V. Bennholdt-Thomsen & Cª)

 

Adeus ao patriarcado, aliás, adeus à heterossexualidade? (Christel Dormagen)

 

Globalização pós-moderna e concepções feministas da acção: Diferenças entre mulheres, política de alianças e actividade em rede das mulheres no contexto internacional / Concepções de acção de orientação estatal-nacional e internacional / Visões de subsistência e de trabalho autónomo

 

Quinta Parte: Algumas teses finais (anti-)metódicas

Posfácio à Segunda Edição

TOWARDS A BIG THEORY. BUT NOT IN A USUAL WAY!

Observações sobre género, queer, neofeminismo, crise fundamental e o actual renascimento de Marx na perspectiva da crítica da dissociação e do valor

Introdução

Teoria queer e política prática queer

Género

Novos feminismos de classe média: das "meninas alfa" às torpedeadas "Top Girls"

A crítica de Nancy Fraser ao feminismo pós-moderno compatível com o capitalismo

A definição marxista tradicional de Frigga Haug das relações entre os sexos como relações de produção enquanto meio para as relações de força políticas

A crítica do valor pós-estruturalista de Tove Soiland

Conclusão: A aspiração teórica da crítica da dissociação e do valor

Bibliografia

Original NEUERSCHEINUNG. DAS GESCHLECHT DES KAPITALISMUS em www.exit-online.org Junho de 2011

EXIT! | Buecher

EXIT! - (em português)